quarta-feira, 12 de março de 2008

Lá em casa, toda vez que passa na tv ou alguém fala que a melhor idade vem depois dos sessenta e cinco, papai e mamãe reclamam, fazem cara feia e dizem que é mentira.

E eu sempre naquele discurso que “toda idade tem sua beleza”. Mas é só pra provocar os dois, claro.

Porque, francamente, como posso dizer que estou na minha melhor idade cheia de artrite, artrose, com as energias em franca decadência e tendo há muito “contornado o Cabo da Boa Esperança”, como diz minha mãe?


Eu morro de medo de envelhecer.

7 comentários:

Helen disse...

E eu???

haja terapia, porque a única opção pra não envelhecer não vale, né?

bju!

Helen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
As partes interessadas disse...

enquaaaaaaaaaaanto eu não chego lá na Melhor Idade, vou aqui dizend e fazendo coro: toda idade tem sua beleza...

(mas eu gostava mais da idade que meus braços não apresentavam esse balangandã)

Ice Ice Baby disse...

eu tenho um pouco de 'receio' de como vou ficar quando velha...mas medo d verdade não.

ah, se eu sou bonitinha agora, horrorosa q não hei d ficar né?!

caída talvez...feia nunca!


bjs chuchu

Renata disse...

Sabe que eu não tenho não!! Acho mesmo que cada idade pode ser legal a sua maneira. Só quero ficar uma velhinha bem saudável e fortona, pq um saco é ficar dando trabalho pros outros...eu heim!!!

Ana disse...

eu também. Mas tenho mais medo ainda de morrer do nada. Se a gente for ficar pensando nisso, é aterrorizante saber que hoje pode ser o dia. Cruzes.

Diego disse...

medo de envelhecer?

... eu creio que o meu medo venha de não viver suficiente para envelhecer...

é uma outra ótica de um mesmo foco de análise.

beijo pra vc!

a propósito, achei muito bom o post!