quarta-feira, 12 de março de 2008

Eliot Spitzer renuncia ao cargo de governador de Nova York após seu envolvimento com prostitutas tornar-se público.




O que eu não entendo é a mulher acompanhá-lo. É um ser muito mais elevado espiritualmente que eu. Só pode.

9 comentários:

Ana disse...

se ela não for, quem é que vai pagar pelos creminhos dela, râni?

Ana Barros disse...

Ela até o acompanhou, mas o nó no pescoço está ultra-nítido e vai pro Guiness !

Kiki disse...

Nossa, e que n� no pesco�o, n�o? Quase um pomo de ad�o! hehehehe.

Coitada.

Pol�tico � tudo safado! =P

beijins

Cris disse...

Prá que manter as aparências, né? Políticos...Urgh!!!!


Bjs,

Cris

As partes interessadas disse...

'ser' mais elevado ou mais otário, né?
porque, anita, eu deixava os creminhos pra lá, tá?

fabiana disse...

Hilary Clinton mode on? Daqui a pouco ela se candidata!

Helen disse...

Tudo que é humano não me é estranho...

Quando a coisa envolve sexo, melhor não tentar entender, eu acho. Ela deve ter as razões pra apoia-lo, mesmo que seja a que a Ana disse rsrs

beijo!

Diego disse...

quem dera nossas políticos fossem apenas "putanheiros".

quanto a mulher do "Sr." em questão, deve ter seus enteresses para manter-se nesta situação!

bj

Jackie Götzen disse...

Cara, é marketing pra ela...pois aí depois ela lança livro, dá palestrasw e se candidada a presidente do USA, vide Hillary Clinton!