terça-feira, 24 de junho de 2008

Meu padrinho é meu primo. Meu padrinho é homossexual. Meu padrinho não é daquele tipo de gay cheio de trejeitos, sabe? Ele é sério, inteligente, educado. Meus tios, pais do meu padrinho, são católicos praticantes. Meu padrinho nunca se assumiu perante a família. Meu padrinho foi morar na Austrália. Vive lá há uns quinze anos. São os pais dele que completaram 50 anos de casados. Ele agora está no Brasil. Veio justamente por conta dessa data. Trouxe o companheiro dele, um australiano super gente boa e tão discreto quanto. Mas apresenta à família como amigo. Domingo passado houve uma missa em ação de graças. Eu fui. E achei curioso o meu padrinho, na igreja, junto com o companheiro. Porque meu padrinho foi batizado, fez comunhão, me batizou e viajou treze horas para essa ocasião. E o que a igreja pensa dele mesmo?

17 comentários:

Daniely Novo Kamaroff disse...

Não professo nenhuma religião, mas leio de tudo amiga...e Sei que o grande JC pregava o AMOR. Independente de onde surgisse tal amor...
Então que seu padrinho seja muito feliz com o amor dele, e a igreja que não se meta...rs
Bjks

Cinthya Rachel disse...

pois é... eu sou a favor do amorrrrrrrrrrrrrrrrrrrr. e desconfio de gente muito preconceituosa e com nojinho

Ice Ice Baby disse...

somos antes de tudo espíritos, almas, energia..e energia não tem sexo, não tem cor nem religião.

eu não vou com a cara da igreja católica e tampouco me importo em discutir com quem é católico o pq do meu descaso. Uma igreja q lançou mulheres à fogueira, que condenou e matou gente por discutir que o sistema era heliocêntrico e não teocêntrico...além de promover cruzadas em nome da "fé" não merece o meu respeito.

Eu digo e repito em alto e bom som: eu sou a favor de TODAS as formas de amor, contanto q sejam sinceras e honestas conigo mesmas.

bjs chuchu!!

Olly disse...

Eu sou cristã ( batista, evangélica, como queiram). a íblia considera abominável o homessexualismo, mas isto foi escrito antes da vinda de Jesus, que como disse aDani, pregava o amor. Eu não acho abominável. Minha tia é gay, e tenho tbm uma prima gay. Ok. Não gosto de vê-las se beijando porque não gosto, não estou acostumada e ainda não acho super bonito. Talvez minha cabeça mude... Mas por outro lado, desejo que as pessoas sejam felizes, de verdade... e se seu tio é feliz, isso é o que realmente importa.
Quanto ás igrejas, uma coisa é a igreja, outra coisa é Deus.
A história das igrejas são porcas em algum momento, mas Deus não tem nada com isso...
Chuchu, o programa é humorístico sim...

beijos

Milena disse...

Sou total contra a igreja! Sou a favor é da fé! Acho que todos precisamos dela (não importa fé no que).

Minha melhor amiga é gay! E a namorada dela é tudo de bom! E eu tenho orgulho desse povo, que luta pelo amor! Mas tb não gosto de fazer disso um big deal, pq não tem nada demais... Pra mim a minha amiga tem uma namorada. Assim como eu tenho o Brad. Nada demais. Nada diferente!

Vc sabia que Sidney, na Australia é a capital dos gays no mundo? Já passou São Francisco ha anos! E é uma cidade linda, que eu adoro! E sua economia é totalmente impulsionada pelos gays! Eles são super respeitados lá. E deveriam ser no mundo todo. Não por serem gays, mas por serem seres humanos (como eu e vc!).

beijos linda!

Diego Gonçalves Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diego Gonçalves Amaral disse...

Eu sou um cara que não tenho problemas com a sexualidade alheia, desde que respeitem quem pensa diferente, acho que seu padrinho é discreto por que é bem resolvido e na minha opinião é homosexual como se deve ser, parabéns pra ele!

Já pra igreja hipócrita: @#$%¨&* !

ps.: pode não parecer, mas eles são meus ALUNOS do 2º ano do ensino médio... e apesar da graça que fazem na foto, respeitam a aula! Uma brincadeira assim, não atrapalhando a explicação é bem vinda!

beijo

Naraiana Costa disse...

Considero justa toda forma de amor. A igreja não tem que pensar nada dele. A Igreja e religião (inclusive minha, não rpaticante) que mais roubou e amtou na inquisição, vendeu indulgências e torturou muitos, não tem moral ou direito de julgar o amor de ninguém, partindo da idéia de que amor não é pecado.
=]

Drica disse...

acho q acima d qualquer coisa o amor tem q ser respeitado! Sou a favor do amor sempre! E parabens pelo teu padrinho! bjao! :D

Renata disse...

Por essas e por outras que não gosto muito de igreja não! Ser gay ou não ser gay não muda em nada o caráter da pessoa, os valores que possui e isso sim faz um ser humano ser bacana!!!

beijocas, querida

Titi disse...

As pessoas, tenho certeza, não escolhem a quem vão amar.E na minha vida o mais importante é o amor.Não acredito que onde está o amor, exista algo errado.
tenho certeza que Deus (ou como cada um queira chamar), não compartilha de opiniões e regras preconceituosas e hipócritas.
DEUS ACIMA DE TUDO É AMOR!
Bjcas.

Cris disse...

Eu sempre digo que o importante é ser feliz. Não importa como ou com quem!

Bjs,

Cris

lolo disse...

A Igreja é lenta. Foi assim na inquisição. Foi assim no nazismo. Talvez daqui a 100 anos eles peçam perdão e entendam o mal que fizeram para eles mesmos. Eu tenho um primo que queria ser padre, fez seminário e tudo. SAiu de lá e foi morar com um amigo. A família toda sabe, mas ele não comenta. TEnho certeza que ele queria ser padre porque achava que ser homossexual é pecado ou coisa assim. Espero que isso ja tenha se resolvido na vabeça dele.

Ingrith disse...

É complicado essas coisas!

Ana disse...

Eles moram onde, Renata?

Ana disse...

ah, apesar de não ser muito comum, vi um casal de gays namorando na grama de um parque em Sydney. Lá eles são maioria! ;)

helen disse...

A Igreja infelizmente separou o Amor da religião já faz um tempo, né?

O que a Igreja pensa dele, eu não sei, linda. Mas nem queira saber o que EU penso da igreja...

um beijo!